Oxicatalisadores

A Oxicatalisador é um acessório/filtro que reduz a emissão de poluentes atmosféricos gerados pelos grupos motogeradores obedecendo as normas do DECRETO Nº 54.797, DE 28 DE JANEIRO DE 2014, que estabelece os limites máximos de emissão de poluentes atmosféricos e os limites de ruído tolerados para os grupos motogeradores utilizados por edificações públicas e privadas no Município de São Paulo, em cumprimento ao disposto no item 9.4.5 do Anexo I da Lei nº 11.228, de 25 de junho de 1992, acrescido pela Lei nº 15.095, de 4 de janeiro de 2010.A tecnologia de transferência instantânea de poluentes pela reação de Oxidação Catalítica do Oxicatalisador proporciona dimensões compactas e elevada eficiência, de forma que permite atender ao Decreto 6514, de 22/07/2008 art. 61/62 e a Resolução CONAMA RE382-2006, que estabelece os padrões de emissão para centrais de geração de energia e determina o controle da emissão de NOx (Óxidos de nitrogênio).

Sobre o Oxicatalisador

O Oxicatalisador é um purificador de gases que, colocado na saída dos gases de escape de grupos geradores, reduz em até 95% as emanações tóxicas e odoríferas provenientes da queima incompleta nos motores Diesel, GLP e GNV.

Atualmente ele é obrigatório na cidade de São Paulo, para atender a Norma Municipal (Decreto Municipal de São Paulo n.º 52.209, de 24 de março de 2011

Catalisadores de Oxidação

A purificação do ar via catalisador é caracterizada pela oxidação sem chama dos poluentes contidos no ar de exaustão, a temperaturas entre 200 e 500 ° C.
Depois que o ar poluído foi aquecido, os poluentes são oxidados com apoio do catalisador e transformados em N2 , CO2 e H2O.